sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Google: pedidos de remoção de conteúdo por governos cresceram 69%

 

O Google divulgou nesta quinta-feira seu relatório semestral de transparência, em que mostra solicitações governamentais de remoção de conteúdo e de informações sobre usuários, além de pedidos feitos por proprietários de direitos autorais. Segundo o relatório, com dados de janeiro a junho de 2013, o Google recebeu 3.854 pedidos para remover 24.749 itens, um aumento de 69% em comparação ao segundo semestre de 2012.

"Nos últimos quatro anos, uma tendência preocupante manteve-se consistente: governos e autoridades continuam pedindo para removermos conteúdo político. Juízes solicitam a remoção de informações críticas sobre eles; departamentos de polícia pedem para removermos vídeos ou blogs que lançam luz sobre sua conduta; e instituições locais, como prefeituras, não querem que as pessoas consigam encontrar informações sobre seus processos de tomada de decisão", afirmou o Google em nota.

"Durante o período coberto por este relatório, recebemos 93 solicitações para remover conteúdo crítico a governos e atendemos menos de um terço delas. Quatro pedidos foram submetidos como reivindicações de direitos autorais", continua a companhia.

No Brasil, o Google recebeu 237 mandados da Justiça no período para remoção de conteúdo, a respeito de 1.416 itens. O Google removeu 46% deles. Além disso, foram 84 solicitações de governos e da polícia sobre 219 itens, 52% deles atendidos. O detalhamento sobre os pedidos no Brasil pode ser visto na página do relatório.

O Google destacou um aumento "considerável" de solicitações vindas da Turquia - que teve um aumento de 10 vezes em comparação ao perído anterior - e da Rússia - onde houve um incremento agudo nas solicitações desde que lei da "lista negra" entrou em vigor no terceiro trimestre.

O relatório completo está disponível, em português, no site Transparency Report.

Fonte: Terra
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...